Cliente: AES Tietê
Inauguração do projeto “O Palco” em Mogi Guaçu

Instituto AES e AES Tietê levam oficinas culturais a duas escolas da cidade

No dia 4 de maio, às 14h, o Instituto AES inicia as atividades do projeto “O Palco”, no município de Mogi Guaçu. Em parceria com as prefeituras das cidades no entorno das usinas da AES Tietê, 76 alunos das escolas E.M.E.F. Profª Maria Lúcia Guillaumon Fonseca e E.M.E.F. Antonio Giovani Lance, serão beneficiados com aulas dança e viola.

O projeto, realizado pelo o Polo Cultural, oferece oficinas de dança, teatro, música e street dance as escolas públicas locais. Por meio da criatividade e da arte, “O Palco” trabalha com grupos de alunos ao longo do ano, promovendo a melhora da expressão verbal e corporal, o aumento do interesse das crianças e jovens pela escola, além do exercício da cidadania e inclusão social. O processo permite o contato dos jovens com artistas e oferece oportunidade para que desenvolvam a autoestima, adquiram novos conhecimentos, explorem a sensibilidade e estabeleçam compromissos que os levem ao grande momento de estar no palco.



Sobre o Instituto AES

O Instituto AES foi criado em 2016 para impulsionar o desenvolvimento sustentável e a inovação social nos municípios de atuação das empresas da AES Brasil. Os projetos apoiados atendem públicos com acesso limitado a direitos e oportunidades econômicas e que estão dispostos a participar ativamente de transformações e construção de novas soluções para o seu contexto social.



Sobre o Polo Cultural

Organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP) presente há quase 20 anos na cidade de São Paulo. Ao longo de sua história o projeto já atendeu mais de 10 mil crianças e jovens e oportunizou mudanças na vida de muitas famílias.

Sobre a AES Tietê – A AES Tietê oferece soluções em gestão de energia, atuando na geração e comercialização de energia elétrica. Para isso, conta com um parque com capacidade para gerar 2.658 MW a partir de fontes renováveis. A AES Tietê opera nove usinas hidrelétricas e três pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) no Estado de São Paulo. A empresa responde por 12% da capacidade instalada no Estado e 2,3% no Brasil.

19/04/2013
Digital Week internacional 2013
(www.revistain.com.br)