Cliente: O Mundo dos Dinossauros
Tecnologia, logística especial e atenção aos detalhes. Conheça os segredos dos g

Um navio, equivalente a 15 carretas, trouxe da Europa os dinossauros que fazem parte da exposição. Montá-los no zoológico demorou cerca de três meses, mas o esforço valeu a pena

Quem passeia pela exposição O Mundo dos Dinossauros, no Zoológico de São Paulo e se depara com algum dos mais de 20 animais robotizados que fazem parte da mostra, se mexendo e respirando como se estivessem vivos, talvez não faça ideia do que está por trás das réplicas e que os fazem parecer tão reais. Os grunhidos, os movimentos e a aparência dos dinossauros são frutos de tecnologia desenvolvida no continente europeu e trazida ao Brasil por meio de logística especial. O volume transportado em navios para o Brasil foi equivalente a mais de 15 carretas de caminhões.

Essa tecnologia toda, aliada ao cenário em que os dinos estão alocados, um recorte da Mata Atlântica dentro do zoológico, faz com que o visitante sinta-se levado ao período jurássico, quando espécies como a do Tiranossauro Rex, Pterodátilos, Mamenquissauro e Apatossauros dominavam os rincões da Terra. Mas de fato, o que faz um robô de T-Rex de 18 metros se mexer e parecer tão real na exposição?

Todos os gigantes expostos no O Mundo dos Dinossauros vêm da Itália, e a maioria deles conta com seis movimentos, mexendo rabo, patas, cabeça, olhos e tronco, além da própria respiração. Um esqueleto de fibra de vidro, apoiado em uma grande base os sustentam por meio de um cálculo matemático que garante o equilíbrio das peças. Todas são réplicas em escala real, ou seja, os dinossauros vistos na exposição são do mesmo tamanho daqueles que um dia habitaram a Terra. Esse trabalho foi desenvolvido por paleontólogos e, depois, reproduzido fielmente nos robôs.

Após a etapa de montagem, segundo Marcelo Lima, sócio da D32, responsável pelo O Mundo dos Dinossauros, são inseridos motores de baixa voltagem para cada um dos movimentos. Posteriormente, todos estes motores são interligados entre si e em uma central informativa que comanda os movimentos e sons em sincronismo.

Essa estrutura é então revestida com espumas de poliuretano esculpidas, dando assim, formas aos relevos do corpo. “Nesta etapa, os robôs já se parecem com os dinossauros. O acabamento é dado com a pintura em resina elástica antifogo”, explica Lima.

A montagem das peças no Zoológico de São Paulo durou três meses e contou com a participação de diversos profissionais, como engenheiros mecânico, elétrico e eletrônico, designers e vários outros técnicos.

A exposição O Mundo dos Dinossauros pode ser vista de segunda a segunda, dentro do Parque Zoológico de São Paulo, na Alameda Lobo, próximo à Arena Cultural e ao Espaço Abaré. Além das réplicas dos dinossauros, há também de fósseis e cinema em quatro dimensões para os visitantes.

Serviço

Local: Parque Zoológico de São Paulo – Av. Miguel Stefano, 4.241 - Água Funda - São Paulo - SP

Horários: segunda-feira a domingo, das 9h às 17h (fechamento das bilheterias às 16h30)

Informações: (11) 5073-0811, comercial@d32.com.br e zoologico@d32.com.br

Sites:www.zoologico.com.br e www.d32.com.br

Quanto custa o ingresso à exposição:

- Bilhete-combo (Zoo + O Mundo dos Dinossauros) para adultos ou crianças acima de 12 anos: R$ 35

- Bilhete-combo (Zoo + O Mundo dos Dinossauros) para crianças de 6 a 12 anos, estudantes com documento de identificação estudantil, professores da rede pública e idosos com mais de 60 anos: R$ 15

Não há opção de visitação apenas à exposição,sendo necessário adquirir também o ticket de entrada para o Zoológico de São Paulo

Fonte Assessoria de Imprensa
(16) 2111-7200

www.fonte.jor.br
www.twitter.com/fonte
www.facebook.com/fonteassessoria

Ana Catarina Prebill – ana@fonte.com.br

Ingrid Ribeiro – ingrid@fonte.com.br

Paulo Viarti – paulo@fonte.com.br

Ricardo Carvalho – ricardo@fonte.com.br

24/12/2016
Exposição no Zoológico de São Paulo
(Guia do Turismo Brasil)
09/01/2013
Programação de férias em São Paulo
(www.gilfuentes.com.br)
14/08/2012
Curitiba recebe exposição interativa Era T-Rex
(www.paranashop.com.br)