Deprecated: Function eregi() is deprecated in /home/fontecom/public_html/site/inc/inc.lib.php on line 25

Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/fontecom/public_html/site/inc/inc.lib.php on line 80
fonte ::: assessoria de imprensa
Cliente: IDV ( Instituto para Desenvolvimento do Varejo )
Varejo deve crescer fortemente entre março e maio

De acordo com o IAV-IDV, expectativa é de que haja crescimento entre 8,5% e 10,6% no volume real de vendas

As vendas reais no varejo devem crescer entre 8,5% e 10,6% em março e nos próximos dois meses, de acordo com as projeções do IAV-IDV (Índice Antecedente de Vendas), estudo realizado mensalmente com os associados do IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo). Já no conceito mesmas lojas, o IAV-IDV mostra uma recuperação no crescimento real de vendas, com taxas positivas entre 3,22% e 3,71% até maio. Contudo, mais uma vez fica evidenciado que a forte expansão das vendas é em função, principalmente, do crescimento da rede de lojas do varejo.
Estas projeções são uma contrapartida ao resultado negativo de fevereiro, quando houve queda de 1,1% no volume real de vendas, descontada a inflação e sempre em comparação com o respectivo período do ano passado. Além do número menor de dias, o resultado negativo de fevereiro foi afetado, em grande parte, pelo desempenho da categoria de bens não-duráveis, que teve contração de 3,5%. Da mesma forma, o indicador no conceito mesmas lojas apontou queda de 7,27%, em comparação com fevereiro de 2012.
O varejo de bens não-duráveis prevê forte retomada, com alta de 14,1% neste mês, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Para abril e maio, os associados também estimam taxas de dois dígitos, com crescimento de 15,4% e 12%, respectivamente. É importante lembrar que o desempenho desta categoria tem o maior peso nas medições do IAV-IDV, bem como do IBGE, e contribui historicamente entre 40% e 50% de participação no índice da Pesquisa Mensal do Comércio calculado por este órgão do governo.
O setor de bens semiduráveis (como vestuário, calçados, livrarias e artigos esportivos), por sua vez, foi o grupo com melhor performance em fevereiro, com crescimento de 1,7%, e também tem previsão de um bom desempenho a partir de março, com expansão partindo de 8,2% até 11% em maio.
Apesar do retorno gradual das alíquotas originais do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para a linha branca e móveis, até junho de 2013, o varejo de bens duráveis aponta taxas de crescimento expressivas, com 4,9% em março, 9,1% em abril e 5,6% em maio.
De acordo com o presidente do IDV, Flávio Rocha, mesmo com o fraco nível da atividade econômica brasileira e o cenário externo ainda bastante conturbado, o setor varejista apresentou resultados satisfatórios, com crescimento de 8,4% em 2012, apoiado na expansão do crédito, no mercado de trabalho e na expansão de renda. “Embora com uma desaceleração no ritmo do crescimento das vendas do comércio varejista nos dois primeiros meses do ano é de se esperar que o melhor desempenho da economia brasileira projetado para 2013 deva continuar a estimular a atividade varejista”, comenta Rocha.

Sobre o IAV-IDV (Índice Antecedente de Vendas)
Criado em outubro de 2007, o IAV-IDV é um índice que consolida a evolução das vendas efetivamente realizadas pelos associados do IDV (Instituto para o Desenvolvimento do Varejo), com o intuito de projetar expectativas para os próximos meses e, assim, servir de base de informação para a tomada de decisão dos executivos do varejo.
Para se chegar aos números apresentados pelo IAV-IDV, as empresas associadas reportam seus próprios resultados e suas expectativas sobre vendas no futuro. Em seguida, estas respostas são ponderadas de acordo com o respectivo porte de cada empresa, para que se alcance indicadores como o volume de vendas e o faturamento nominal. Os dados extraídos pelo indicador têm permitido uma visualização mais ampla do comportamento do mercado para um período futuro de até três meses.

Sobre o IDV
O IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo) representa 43 empresas varejistas de diferentes setores, como alimentos, eletrodomésticos, móveis, utilidades domésticas, produtos de higiene e limpeza, cosméticos, material de construção, medicamentos, vestuário e calçados. Atuante em todo o território nacional, o IDV tem como principal objetivo contribuir para o crescimento sustentável da economia brasileira, além do desenvolvimento do varejo ético e formal.

Conheça as empresas associadas: Lojas Americanas, B2W, Bob´s, BR Home Centers, C&A, C&C Casa e Construção, Carrefour, Centauro, Decathlon, DPaschoal, Fnac, Fototica, Grupo Dimed-Panvel, Grupo Pão de Açúcar, Habib’s, Hering, Insinuante, Itapuã Calçados, Kalunga, Leo Madeiras, Leroy Merlin, Livraria Cultura, Livraria Saraiva, Lojas Cem, Lojas Leader, Lojas Renner, Lojas Riachuelo, Lojas Marisa, Magazine Luiza, mmartan, O Boticário, Paquetá, Pernambucanas, Polishop, Quero-Quero Casa e Construção, Raia Drogasil, Ráscal, RiHappy, Telhanorte, Tok&Stok, Walmart, Zelo e GS&MD- Gouvêa de Souza.

13/02/2015
Levy quer varejo contra o apagão
(Correio Brasiliense)
13/09/2013
Varejo deve crescer 8,7% em outubro, diz pesquisa do IDV
(www.portalmoveleiro.com.br)
27/08/2013
Consumo Feliz
(Folha de São Paulo)
19/08/2013
Varejo manterá contratações temporárias, dizem analistas
(Associação Brasileira de Supermercados)
23/05/2013
Junho e julho devem ser de fortes vendas no
(www.executivosfinanceiros.com.br)
23/05/2013
Projeção é de forte alta em Junho e Julho
(Diário do Comércio - São Paulo - SP)
24/04/2013
Vendas de abril devem crescer apenas 2,1%, projeta IDV
(www.revistapegn.globo.com)
18/04/2013
IAV-IDV estima queda nas vendas de abril
(www.portalnovarejo.com.br)
11/03/2013
O encontro do varejo real com o virtual
(www.estadao.com.br)
19/12/2012
Varejo tem plano de investir R$20 bilhões
(Brasil Econômico)
21/11/2012
IDV: vendas no varejo devem crescer 9,2% em novembro
(www.economia.estadao.com.br)
19/09/2012
Varejo deve retomar crescimento real de vendas
(Empresas & Negócios)
21/06/2012
Varejo brasileiro cresce 5,1% em maio
(www.exame.abril.com.br)
11/04/2012
Vendas do Varejo devem crescer 6,5%
(Jornal A Cidade)
26/12/2011
Varejo aponta alta de 5,5% nas vendas de dezembro
(www.revistafator.com.br)
19/12/2011
Produtos mais baratos
(Jornal Meia Hora)
10/11/2011
Empresario esta otimista com vendas
(Diário do Comércio)
25/10/2011
Varejo espera fechar com alta de 4,8% nas vendas
(www.portalvarejo.com.br)
13/10/2011
Vendas devem crescer 10% em 2011, prevê IDV
(Jornal O Estado de S. Paulo)
27/09/2011
Vendas do varejo devem crescer 4,8% em setembro
(www.economia.terra.com.br)
15/08/2011
Expectativa otimista
(Meio & Mensagem)
23/05/2011
Inflação é prioridade
(Jornal do Commércio)
22/05/2011
Restrições ao varejo começam a surtir efeito
(Diário do Grande ABC)
01/05/2011
Carrinho mais cheio em todas as classes
(www.freedom.inf.br)
24/03/2011
Um trimestre forte
(www.oglobo.com)
10/03/2011
Varejo de vesturário prevê leve crescimento
(www.oconfeccionista.com.br)
01/03/2011
Grandes varejistas animados
(www.publica.hom.opovo.com.br)
25/02/2011
Vendas do comércio varejista cresceram 6,9%
(www.monitormercantil.com.br)
14/01/2011
Comerciantes ganham ICMS parcelado
(www.diariodafranca.com.br)
26/10/2010
Varejo vende 7,9 % a mais em setembro
(Diário do Grande ABC)
29/09/2010
Otimismo
(Jornal Tribuna Ribeirão)
10/09/2010
Contratação de temporário facilitada
(www.odia.terra.com.br)
11/07/2010
Unificação facilita negociações
(www.folhape.com.br)
25/03/2010
Varejo reforça estoques para o Dia das Mães
(DCI - São Paulo - SP )
27/01/2010
Antes de prorrogar redução do IPI, Governo cobra mais emprego
(Jornal Tribuna Impressa - Araraquara - SP)
18/11/2009
Varejo faz grande aposta nas vendas de fim de ano
(Valor Econômico - São Paulo - SP)
16/06/2009
Faltam produtos da linha branca
(Diário do Comércio - SP)
08/04/2009
Um novo conceito de loja para despertar todos os sentidos
(Jornal Diário do Comércio - São Paulo)
08/03/2009
A fatura da crise
(Correio Braziliense - Brasília )